terça-feira, março 27, 2007

O drama, o horror, o Cid

Tomei conhecimento no último sábado de um acontecimento verdadeiramente trágico. José Cid tinha voo marcado para 4 de Dezembro de 1980, no avião onde viajou Francisco Sá Carneiro. Mas à última da hora acabou por não embarcar. São estes acontecimentos marcantes que destroem um país, pensem o quanto melhor poderíamos estar se Cid tivesse mesmo embarcado naquele voo. Hoje Camarate seria objecto não só de tristeza, pela morte de Sá Carneiro, mas também de alegria, pela morte de José Cid. Não lhe desejo a morte, não se trata disso. Mas parece ser a única forma de o calar! Ele não se cala! Raios, deixa-nos em paz, Cid! Não me vou alongar muito mais a falar deste hominóide pois ele parece estar bem lançado no Interrogatório, o que me fará regressar a este tema tão odioso. Fiquem bem, e tentem não ter pesadelos com a foto.

1 Comments:

Blogger C8 said...

Será que o "homem" pensava que esta foto não ia ser divulgada, quando ele a tirou? Isto é uma contra-ordenação muito, muito grave que passa a crime quando o sítio onde uma pessoa está a ver a foto é bem iluminado..

Já agora, um bom castigo para este "ser" era arrancar-lhe a penugem, uma a uma, desde a nuca até debaixo das unhas dos pés!!

Agora vou num instante chamar o gregório... Fica bem...

4:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home